sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Esquadrinhar o coração e examinar a si mesmo


"Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno." (Salmos 139:23-24)

Depois da ascensão de Cristo, os discípulos reuniram-se em um lugar a fim de suplicar humildemente a Deus. E após dez dias de esquadrinhar o coração e examinar a si mesmos, estava preparado o caminho para o Espírito Santo penetrar em templos de alma limpos e consagrados. Todos os corações foram cheios do Espírito, como se Deus desejasse mostrar a Seu povo que Lhe pertenceria a prerrogativa de beneficiá-los com o melhor das bênçãos celestes.

Qual foi o resultado? Milhares se converteram num dia. A espada do Espírito cintilava à direita e à esquerda. Novamente afiada com poder, penetrava até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas. A idolatria que andara misturada com o culto do povo, foi derribada. Novo território foi acrescentado ao reino de Deus. Lugares dantes estéreis e desolados, entoavam-Lhe os louvores. Os crentes, reconvertidos, nascidos de novo, eram um vivo poder para Deus. Um novo cântico foi posto em seus lábios: constante louvor ao Altíssimo.

Dominados pelo Espírito, eles viam a Cristo em seus irmãos. Só um interesse prevalecia. Um elemento de imitação absorveu todos os outros — ser semelhante a Cristo, fazer as obras de Cristo. O sincero fervor sentido era expresso por meio de afetuosa prestimosidade, palavras bondosas e ações altruístas. Todos se esforçavam para ver quem podia fazer o máximo pelo desenvolvimento do reino de Cristo. “Da multidão dos que creram era um o coração e a alma.” Atos dos Apóstolos 4:32.

Nos doze discípulos foi escondido o fermento da verdade pelo grande Mestre. Estes discípulos deviam ser os instrumentos nas mãos de Deus para revelar a verdade ao mundo. Foi-lhes dado poder divino; pois o Salvador ressurreto soprou sobre eles, dizendo: “Recebei o Espírito Santo.” João 20:22. Imbuídos deste Espírito, eles saíram para dar testemunho da verdade. E assim Deus quer que Seus servos saiam hoje com a mensagem que Ele lhes deu. Mas, até que recebam o Espírito Santo, eles não podem transmitir esta mensagem com poder. Até que recebam o Espírito Santo, eles não conseguem compreender o que Deus pode fazer por seu intermédio.

(Ellen G. White. E Recebereis Poder [MM], p. 286)